PDA *-*



A pda não foi como eu queria, pois queria ter ido muito passar ao porto, junto das pessoas que mais amo, e adoro,  das pessoas que realmente me são importantes, e são tudo na minha vida, mas como por vezes a vida prega nos partidas, e nos põem obstáculos pelo caminho não consegui ir, com muita pena minha, não fui agora, mas qualquer dia vou lá. Pois quero poder abraça-las, e sorrir com elas…
Como não pude ir lá, então passei em casa com uma amiga, acompanhadas pelas garrafas de vodka ;)
Até as 23h30 estive completamente sóbria, mas a partir dai epah já não, comecei a beber, e apanhei um bodeirão…  não me lembro dos desejos que pedi, não me lembro de metade das coisas, sei que  estava a ver a casa dos segredos, lembro me de estado a falar com o meu irmão, e com a minha mãe por chamada durante bue tempo, a falar dos meus primos que vivem no porto que eu não sabia que existiam, lembro me de ter ido bues vezes a casa de banho ter com a minha amiga que tinha vomitado, mas que desperdício de vodka ;)  lembro me ter feito uma descoberta muita estúpida, mas eu já não estava bem…  lembro me de ter estado a falar as sms com a sarinhaww, a priminha do “meu puto” .
Mas de resto não me lembro de mais nada, mas segundo a minha amiga, já que ela dormiu comigo, na minha casa, e estava um pouco melhor do que eu, contou me que eu antes de me deixar dormir so dizia : “ quero o Marco”, “mas eu quero o Marco” ; “liga para o Marco, eu quero o Marco, vá lá”  e desta eu lembro me de ter dito : “ eu quero o Marco, mas ele não gosta de mim”
Eu podia estar bêbada, mas mais ou menos tinha a noção das coisas, eu só queria a pessoa que amo, a pessoa que não consigo esquecer, apesar de a pessoa já me ter pedido para a esquecer, apesar da pessoa não me dizer nada já há algum tempo,  apesar de se calhar a pessoa já me ter esquecido e já não me amar, eu continuo a gostar dela e muito, a preocupar me com ela, a sorrir quando me lembro dela, das conversas, dos momentos, de tudo, apesar de também chorar por ela, por estar a sofrer, por não a ter perto de mim, mas vale mais as coisas boas do que as coisas màs…
Eu posso ter prometido ir ai, e não ter cumprido, mas eu vou ai ainda, se eu tivesse ido aí de certeza que não tinha apanhado nenhum bodeirão, pois estava com as pessoas que queria, e queria poder aproveitar ao máximo esse tempo…
Pode ser que um dia tudo seja diferente, talvez os meus desejos se realizem (aqueles que pedi, e que não me recordo)
Talvez um dia eu ainda possa poder abraça-lo, nem que seja como amigo, mas quem sabe um dia
O mundo ainda dá muitas voltas, e o destino está escrito, por isso seja o que o destino quisser ;)
Mas mesmo assim posso dizer que passei uma passagem de ano a sorrir ;) 

5 comentários

  1. Podes por favor mudar a letra da mensagem? É que faz-me muuito doer os olhos...
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Pena é não te lembrares dos desejos...

    ResponderEliminar
  3. sim é mesmo muita pena não me lembrar dos desejos, foi efeito do alcool ;)

    ResponderEliminar

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger